ELEIÇÕES NO IFMA _II CAMPUS IMPERATRIZ

As ELEIÇÕES NO IFMA – PARTE II

Há pouco menos de um mês das eleições para a direção do IFMA no Campus de Imperatriz não se vê a mobilidade natural dos candidatos típicos desta ocasião, apenas cochichos aos pé de orelhas de eleitores que se arvoram de cabo eleitorais dos candidatos já anunciados, a maioria defendendo os seus próprios interesses ou ainda a manutenção de privilégios e vantagens conquistadas junto a atual gestão,fraca e incompetente.
Não vejo em curto prazo, uma vontade de mudança junto ao quadro de servidores da instituição, salvo raras exceções. A maioria busca abrigo junto a parceiros já bastante conhecido do sistema e se empenham em surdina, a captarem eleitores para os seus preferidos ouvindo sempre que possível os candidatos de oposição, aliás, de oposição mesmo, só há um candidato, este que lhes escreve. Perseguido, assediado moralmente, bloqueado em suas iniciativas, difamado e tudo isso por uma razão muito simples é o mais competente, e tem larga experiência em gestão pública além do que a sua visão estratégica é infinitamente superior a que vem sendo aplicado por este gestor medíocre e incompetente que ocupa pró-labore, o cargo de Diretor Geral da Instituição e ainda pretende deixar plantada raízes de sua fracassada gestão, apresentando a sua candidata que segue o mesmo raciocínio há mais de 8 anos e nada acrescentou ao sistema educacional do IFMA.
Espero estar apresentando o meu Plano de Gestão Simplificado para o Ifma na próxima semana e nesta ocasião estarei também apresentando as provas sobre a perseguição política e assédios comentado no parágrafo anterior. Àqueles que ainda tiverem dúvidas sobre estas questões aqui abordadas, vejam as últimas vítimas defenestradas da administração por não apoiarem o gestor em suas pretensões. Aos professores mais recentes na instituição, peço-lhes que ouçam mais a respeito dos candidatos e procurem conhecê-los melhor, usem o seu livre arbítrio na hora da decisão pois eles são mestres em denegrir a imagem dos que não lhes são convenientes e os tem como obstáculos.
Aos meus Guerreiros! Meus alunos e demais alunos desta instituição, peço-lhes que usem a sua sabedoria e inteligência para não se deixarem manipular pelos “donos da instituição”, eles acham que sabem tudo, e não possuem a ética necessária quando falam dos adversários. Temos projetos modernos para a área acadêmica.
Não acreditem nas falsas “Verdades” que lhes serão apresentadas pelo grupo dominador; o terrorismo não predominará sobre a razão.

“A RAZÃO VENCERÁ O MEDO” O IFMA NÃO É DELES É NOSSO!

Posted in Uncategorized | Leave a comment

ELEIÇÃO NO IFMA, CAMPOS IMPERATRIZ

À COMUNIDADE ACADÊMICA

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment

TIPO DE OSCILADORES

TIPOS DE OSCILADORES

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment

TRIBUTO AO ZÉ DA TECA – UMA HOMENAGEM POST MORTIS

TRIBUTO AO ZÉ DA TECA

A DESPEDIDA DO ZÉ

Velho companheiro, amigo e parceiro que apesar de suas limitações com as letras, tinha uma alma espetacular, sério, competente e de um caráter fabuloso, um homem íntegro como poucos.
Relembro que não foram poucos os momentos em que juntos trocávamos idéias e destas conversas sempre um aprendizado. Nunca o vi zangado com alguém ou com alguma coisa que lhe fizessem, sempre sério, era de poucos sorrisos, mas compreendia a vida com naturalidade. Entre uma conversa e outra tomava um trago de cachaça, suspendia a cabeça, pegava o taco do bilhar e convidava: vamos jogar uma partidinha! Era sua única diversão durante anos e assim levava a vida, trabalho casa, casa trabalho, uma paradinha no barzinho e um papo rápido com os amigos.
Zé durante anos maitre em um restaurante no aterro da Glória, ali pertinho do flamengo era o funcionário de confiança do patrão. Apesar do pouco estudo era muito competente e eficiente na gestão do restaurante. Ao se aposentar por tempo de serviço ficou irrequieto, não era homem para ficar em casa sem fazer nada e até porque desde criança o que aprendera foi dentro de um restaurante e não demorou muito o patrão o chamou de volta para trabalhar, lembro a satisfação refletida no seu semblante, as largas sobrancelhas e os óculos de dimensões profundas a oscilarem quase que simultaneamente num sinal claro da satisfação pelo retorno a sua atividade profissional.
Zé, saiba onde estiveres que você foi daqueles amigos que a gente guarda sempre dentro da alma e que com certeza encontrarás novos amigos, Deus, deve dentro de sua magnitude acolhê-lo, pois você foi especial aqui para todos os seus amigos e deixou muitas saudades.
A sua lembrança de mim antes de partires só me deixou a certeza de que devo tê-lo marcados também como grandes amigos e que os seus ensinamentos e conselhos serão sempre elevados por todos que tiveram a oportunidade de conhecê-lo.

É como consigo expressar os meus sentimentos.

Adilson Baldez

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment

A CONTRA-PROPOSTA do MEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Diretoria de Desenvolvimento da Rede Federal

Encaminhamentos Propostos pelo MEC

para demandas oriundas do SINASEFE

A secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação encaminha ao SINASEFE posicionamentos referentes às carreiras EBTT e PCCTAE e questões de gestão institucional e de pessoas no âmbito da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Os temas subdivídem-se nos seguintes ítens:

I-Restruturação da Carreira do Magistério de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, conforme lei nº 11.748/2008;

II-Restruturação do Plano de Carreira dos cargos Técnicos-Administrativos em educação conforme a lei nº 11.091/2005;

III -Inclusão dos Técnicos dos IFES Militares na carreira do PPCTAE  e enquadramento de docentes ainda não contemplados;

IV-Gestão das Instituições Federais de Educação Básica, Técnica e Tecnológica;

V-Admissão automática de títulos de Pós-Graduação do MERCOSUL;

VI-Adequação da Orientação Normativa MPOG nº 04/2011,relativa a concessão de Idenização de transporte, nos termos do decreto nº 3.184/1999;

VII-Concursos públicos para cargos efetivos de docentes EBTT e TAE;

VIII-Uniformizar a jornada de trabalho dos servidores da RFEPCT em 30 horas semanais conforme decreto nº 1.590/1995 atualizado pelo decreto nº 4.836/2003;

IX-GT Terceirizações.

Ítem I

A primeira etapa do processo de que trata o ítem I, compreenderá as medidas estabelecidas no termo de acordo nº 4/2011 firmado entre o MPOG,MEC/SESU,ANDES e PRIFES.

A representação do Ministério da Educação, em concordância com a reinvidicação do SINASEFE, encaminhará requerimento de constituição de câmara de conciliação ou arbitramento à AGU, referente à aplicação do art. 120 da lei nº 11.784/2008;

i) Aplicação a partir de 22 de setembro de 2008 do intertício de 18 meses para progressão conforme previsto no $ 1º do artigo 120 da lei nº 11.748/2008;

ii) Aplica do parágrafo 5º do artigo 120 da lei nº 11.748/2008;

Será criada uma comissão Especial de Acompanhamento com representantes do MEC,CONIF e representações sindicais..

Demais íten serão publicados no próximo post.

 Tenham todos uma Boa Tarde!

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

O COMANDO DE GREVE DO ESTADO – ATO PÚBLICO EM SÃO LUIS-2

Em Ato Público realizado nesta quinta no Largo da Praça da Igreja de N.Srª da Conceição em Monte Castelo, o Comando de Greve realizou um Ato Público com a presença de dezenas de servidores vindos de diversos campis do IFMA em greve e até do Campi de Timon que deverá aderir á greve nos próximos dias. Imperatriz esteve representado pelo prof. Baldez,único servidor daquele campus que tem se mostrado efetivamente consciente da importância deste momento histórico para os servidores do IFMA.
O início do movimento deu-se com a panfletagem feita pelos alunos do Instituto que diferentemente do comportamento dos alunos de Imperatriz, participaram ativamente do movimento.
O Prof. Menezes da UFMA, em solidariedade com os colegas, profere aula pública destacando o volume de recursos públicos que são utilizados para financiamento de empresas falidas e bancos do governo, que tomam recursos a 12% a.a e emprestam a 6% para os empresários (BNDES)

Foto 1. Prof. Menezes (UFMA) em aula pública.
Alunos do IFMA em ato de solidariedade com os servidores, montam pedágio e divulgam a greve em importante manifestação na av. Getúlio Vargas.

2. Alunos participam do movimento.

3. Preparativos para a caminhada até o IFMA para a plenária, onde foi discutida a Contra-Proposta do MEC aos pleitos do SINASEFE.

3. Preparativos para a caminhada até o IFMA para a plenária, onde foi discutida a Contra-Proposta do MEC aos pleitos do SINASEFE.

 

 

 

 

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment

O MEDO VENCE A RAZÃO – A GREVE NO IFMA CAMPUS IMPERATRIZ

A greve continua,a greve não parou, apenas no CAMPUS _IMPERATRIZ por motivos injustificáveis suspendeu-se a greve e com isto passamos a história da rede a ser o único campus no estado a assumir a postura CALABARISTA, traindo seus companheiros que não se resumem aos CAMPIS DO IFMA DO ESTADO mas a toda uma nação.
A desculpa de alguns companheiros, induzidos por chefias que se acovardaram durante o processo de greve foi claramente injustificável conforme texto da mensagem publicada abaixo:
De: Assessoria de Comunicacao
Data: 16 de setembro de 2011 16:05
Assunto: COMUNICADO – Adiamento do SEPPIE 2011
Para: servidores@ifma.edu.br

1. COMUNICADO – Adiamento do SEPPIE 2011

Tendo em vista a paralisação dos servidores na maioria dos campi e considerando que até o presente momento não é possível identificar aqueles que estão (ou não estão) em greve, fica adiado, sem data, o Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão (SEPPIE 2011), que seria realizado entre 20 e 23 de setembro.

Profa. Marise Piedade Carvalho
Pró-Reitora de Ensino, no exercício da Reitoria

2.CARTA DO COMANDO ESTADUAL DA GREVE
Companheirada. Bom dia!

Estamos entrando em mais uma semana de paralisação. Na sexta feira
(16.09), uma importante reunião aconteceu no campus Maracanã, com a
presença de grêmios e representações estudantis de diversos campi
(Maracanã, Centro Histórico, Buriticupu, Santa Inês, Pinheiro e Monte
Castelo). Aconteceu um importante debate sobre a necessidade do apoio
estudantil. Naquele debate, viu-se como estas entidades e
representações percebem o movimento paredista, mostrando
solidariedade. Percebem que o responsável pela paralisação não são os
servidores, mas o governo Dilma com sua intransigência e
irresponsabilidade.

À tarde, foi fundada o Comando Estadual de Greve. Este comando será
constituído por um representante de cada comando estadual. Presentes
estavam (Codó, Pinheiro, Buriticupu, Santa Inês, Zé Doca, Maracanã,
Alcântara, Monte Castelo). Apenas Buriticupu não esteve presente nesta
reunião, porém esteve pela manhã. Açailândia, Centro Histórico,
Barreirinhas e Timon ficaram de indicar ainda seus representantes.
Nacionalmente vem se formando comandos estaduais com o objetivo de
fortalecer mais esta luta, no intuito de pressionar mais o governo
para que o mais rápido possível possamos ter nossas reivindicações
atendidas.

É importante lembrar que esta greve é nacional, logo alguns
companheiros estão num processo de ajuda em outros espaços, sejam
dentro do estado ou em outros municípios. Sabemos que uma greve não é
fácil, e que exige muitos sacrifícios. Que num processo como esse,
acabamos deixando nossos compromissos pessoais de lado por um objetivo
maior. Isso mostra apenas o compromisso com nossas carreiras, com a
educação. Recuar agora é mostrar ao governo fraqueza. Se com a greve
as propostas até o momento não foram satisfatórias, ainda mais
recuados, na defensiva.

Esta greve já é vitoriosa, pois conseguimos desconstruir o discurso
oficial de que tudo é uma maravilha. Com estas mobilizações, tem-se
conseguido uma maior socialização entre as experiências dos campi no
estado e no Brasil. Os problemas são parecidos e as soluções, em
geral, as mesmas. Neste sentido, um espírito de solidariedade vem se
construindo mais e mais, com docentes e administrativos se dedicando
100% as atividades, não se curvando, nem aceitando ameaças.

Por isso, este comando vem no momento exato. É muito importante todos
os campi enviarem seus representantes. Apenas unificados, iremos
superar os problemas que possam está acontecendo, e superar a situação
que alguns campi tá passando de “isolamento”. Sabemos que sozinhos não
atingiremos esta vitória.

É importante lembrar ainda que esta comissão estará responsável pelo
canal entre os campi. Por isso estaremos passando os contatos de todos
que estão no COMANDO para que qualquer dúvida um possa está se
comunicando com outro. É preciso, como já afirmei aqui, que este
espírito de solidariedade possa está cada vez mais firme e presente.
Que os acertos e erros possam ser socializados, para que um possa está
ajudando e contribuindo com outros.

No que se refere aos estudantes, a compreensão que alguns têm é que
esta greve está os prejudicando. Esta desconstrução não é fácil, e
nunca esqueça que na última greve da rede (antigo CEFET), em 2000,
quando eu fazia o 3 ano do Ensino Médio nesta instituição, e quando eu
participava apoiando aquela greve, alguns colegas meus não
compreendia. O interessante hoje é encontrar alguns colegas meus que
eram contra a greve naquele momento, e hoje, como trabalhadores, são
favoráveis e reconhecem que aqueles estudantes “grevistas” estavam
certos. Logo, acredito, como dizia os franceses de 1968, “sejam
realistas. Exijam o impossível”.

Uma última observação. A próxima reunião será segunda feira, às 15h,
no Monte Castelo. Estamos organizando o Ato Unificado de 22 de
Setembro, definido na última Plenária Nacional.

Vamos à luta.

Um forte abraço e um ótimo início de semana de muita luta.
Cláudio de Souza Mendonça
COMANDO ESTADUAL DA GREVE.

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment